From 1 - 10 / 14
  • Categories  

    Produto Interno Bruto das Concentrações Urbanas do Brasil de faixa populacional entre 750 mil e menor que 2,5 milhões de habitantes. Para "São José dos Campos/SP" foi considerada a Primeira Integração do Arranjo. É representada a sede das Concentrações Urbanas do Brasil de faixa populacional entre 750 mil e menor que 2,5 milhões de habitantes. IBGE/DGC/Coordenação de Geografia; IBGE, Censo Demográfico 2010; IBGE, PIB dos municípios 2010.

  • Categories  

    Hierarquia dos centros urbanos (segundo o REGIC 2007) análogos às Grandes Concentrações Urbanas do Brasil. IBGE/DGC/Coordenação de Geografia; IBGE, Censo Demográfico 2010

  • Categories  

    Distribuição das Médias Concentrações Urbanas consideradas. Distribuição das 158 médias concentrações urbanas consideradas no Brasil. Para “Presidente Prudente/SP” considerou-se a Primeira Integração do arranjo. Os arranjos de “Taubaté – Pindamonhangaba/SP” e “Novo Hamburgo – São Leopoldo/RS” não foram considerados. A distribuição das Médias Concentrações Urbanas mostra a posição geográfica onde encontram-se as mesmas em território brasileiro. Entende-se Média Concentração Urbana aqueles municípios isolados ou arranjos populacionais na faixa populacional entre 100 mil e 750 mil habitantes. Para maiores detalhes acessar a publicação "Arranjos Populacionais" do IBGE. IBGE/DGC/Coordenação de Geografia; IBGE, Censo Demográfico 2010.

  • Categories  

    Distribuição das Grandes Concentrações Urbanas do Brasil. Manaus e Campo Grande são municípios isolados, ou seja, não participam de arranjos populacionais. Para Porto Alegre foi utilizada a Segunda Integração do Arranjo e para São José dos Campos a Primeira Integração do Arranjo. As demais concentrações urbanas são arranjos populacionais. É representado os limites das Grandes Concentrações Urbanas do Brasil. IBGE/DGC/Coordenação de Geografia; IBGE/DGC/Coordenação de Cartografia; IBGE/DGC/Coordenação de Estrut. Territoriai IBGE, Censo Demográfico 2010.

  • Categories  

    Distribuição dos 10 maiores Produtos Internos Bruto, segundo 3 faixas populacionais das Médias Concentrações Urbanas do Brasil - 2010. Os arranjos de “Taubaté – Pindamonhangaba/SP” e “Novo Hamburgo – São Leopoldo/RS” não foram considerados. É representado os 10 maiores PIBs (Produto Interno Bruto) segundo cada faixa populacional em que se encontram as médias concentrações urbanas. IBGE/DGC/Coordenação de Geografia; IBGE, Censo Demográfico 2010; PIB dos municípios 2010.

  • Categories  

    Distribuição dos 10 maiores Produtos Internos Bruto, segundo 3 faixas populacionais das Médias Concentrações Urbanas do Brasil - 2010. Os arranjos de “Taubaté – Pindamonhangaba/SP” e “Novo Hamburgo – São Leopoldo/RS” não foram considerados. É representado os 10 maiores PIBs (Produto Interno Bruto) segundo cada faixa populacional em que se encontram as médias concentrações urbanas. IBGE/DGC/Coordenação de Geografia; IBGE/DGC/Coordenação de Cartografia; IBGE/DGC/Coordenação de Estrut. Territoriais IBGE, Censo Demográfico 2010.

  • Categories  

    Produto Interno Bruto das Concentrações Urbanas do Brasil de faixa populacional entre 750 mil e menor que 2,5 milhões de habitantes. Para "São José dos Campos/SP" foi considerada a Primeira Integração do Arranjo. É representada a sede das Concentrações Urbanas do Brasil de faixa populacional entre 750 mil e menor que 2,5 milhões de habitantes. IBGE/DGC/Coordenação de Geografia; IBGE/DGC/Coordenação de Cartografia; IBGE/DGC/Coordenação de Estrut. Territoriais IBGE, Censo Demográfico 2010.

  • Categories  

    Distribuição das Médias Concentrações Urbanas consideradas. Distribuição das 158 médias concentrações urbanas consideradas no Brasil. Para “Presidente Prudente/SP” considerou-se a Primeira Integração do arranjo. Os arranjos de “Taubaté – Pindamonhangaba/SP” e “Novo Hamburgo – São Leopoldo/RS” não foram considerados. A distribuição das Médias Concentrações Urbanas mostra a posição geográfica onde encontram-se as mesmas em território brasileiro. Entende-se Média Concentração Urbana aqueles municípios isolados ou arranjos populacionais na faixa populacional entre 100 mil e 750 mil habitantes. Para maiores detalhes acessar a publicação "Arranjos Populacionais" do IBGE. IBGE/DGC/Coordenação de Geografia; IBGE/DGC/Coordenação de Cartografia; IBGE/DGC/Coordenação de Estrut. Territoriais IBGE, Censo Demográfico 2010.

  • Categories  

    Distribuição das Grandes Concentrações Urbanas do Brasil. Manaus e Campo Grande são municípios isolados, ou seja, não participam de arranjos populacionais. Para Porto Alegre foi utilizada a Segunda Integração do Arranjo e para São José dos Campos a Primeira Integração do Arranjo. As demais concentrações urbanas são arranjos populacionais. É representado os limites das Grandes Concentrações Urbanas do Brasil. IBGE/DGC/Coordenação de Geografia; IBGE, Censo Demográfico 2010

  • Categories  

    Distribuição dos arranjos populacionais com menos de 100.000 habitantes. Distribuição dos 187 arranjos populacionais identificados no Brasil com menos de 100 mil habitantes, representados pela sede do município de maior população. A distribuição dos arranjos populacionais mostra a posição geográfica onde encontram-se os mesmos e território brasileiro. IBGE/DGC/Coordenação de Geografia; IBGE/DGC/Coordenação de Cartografia; IBGE/DGC/Coordenação de Estrut. Territoriais IBGE, Censo Demográfico 2010.