Contact for the resource

Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE/ Diretoria de Geociências - DGC/Coordenação de Geodésia-CGED

214 record(s)
 
Type of resources
Available actions
Categories
Keywords
Contact for the resource
Provided by
Representation types
status
Scale
From 1 - 10 / 214
  • Categories  

    Este documento apresenta as instruções técnicas para o controle geodésico de estações maregráficas, descrevendo, assim, as especificações e procedimentos para verificação periódica da estabilidade da referência vertical dos sensores de nível do mar. Com sua publicação, o IBGE espera contribuir para que a comunidade usuária e produtora dessas informações possa detectar e quantificar movimentos verticais de origem não oceânica que eventualmente afetem as observações maregráficas, corrigindo-as e, portanto, aprimorando a contribuição do Brasil para o monitoramento do nível do mar. O controle geodésico de estações maregráficas deve ser feito por meio de estações CGNSS e EGabs, vinculadas aos sensores maregráficos com nivelamento geométrico APcient específi co para CGEM (NG-CGEM). O estabelecimento de estações GNSS, contínuas ou não, e EGabs, bem como o processamento das respectivas observações, já têm especificações técnicas consolidadas. O mesmo acontece com os levantamentos gravimétricos relativos que obrigatoriamente devem acompanhar o nivelamento APcient . Assim, estas instruções técnicas tratam apenas dos procedimentos de NGCGEM, não contemplados nas normas técnicas vigentes (IBGE, 1983).

  • Categories  

    As Especificações e Normas Gerais abrangem os levantamentos planimétricos, altimétricos, gravimétricos e astronômicos, destacando-se, em cada um, os procedimentos usuais e consagrados, como por exemplo na planimetria serão especificados: a triangulação; a poligonação; a trilateração e o posicionamento por rastreamento de satélites ( segundo o efeito DOPPLER).

  • Categories  

    Para homologação e integração de estações GPS determinadas por outros órgãos e instituições ao Sistema Geodésico Brasileiro – SGB, faz-se necessário que sejam obedecidos critérios técnicos definidos pelo IBGE – Diretoria de Geociências – Coordenação de Geodésia.

  • Categories  

    O Guia orienta o usuário sobre as formas de utilização do novo programa de transformação de coordenadas – ProGriD.

  • Categories  

    Este Manual orienta o usuário sobre as formas de instalação do novo programa de transformação de coordenadas – ProGriD.

  • Categories  

    Este documento tem como objetivo apresentar uma análise de qualidade dos arquivos de dados das observações GPS produzidos entre os anos de 2006 e 2010 pelas estações da RBMC. Para subsidiar esta análise são apresentados gráficos com indicadores de qualidade destes dados. Também serão apresentadas informações relevantes sobre a implantação e funcionamento da RBMC, como equipamentos, estruturas e configurações empregadas.

  • Categories  

    Este documento tem o propósito de evidenciar e divulgar o contexto técnico que foi amplamente discutido no encontro do GT2 - Grupo de Trabalho Definição e Estratégias para Materialização do Sistema de Referência Geodésico - do Projeto Referencial Geocêntrico/Processo de Transição. O encontro foi realizado na UNESP / Departamento de Cartografia, em Presidente Prudente, no período de 16 a 19 de julho de 2001.

  • Categories  

    Este relatório tem por objetivo informar sobre as atividades relativas ao ajustamento da Rede Planimétrica Brasileira no Referencial SIRGAS2000[IBGE, 2006], incluindo os avanços realizados desde o ajuste em 1996. Em decorrência da proposta de adoção do SIRGAS2000 como sistema geodésico de referência do país, o IBGE efetuou o ajustamento da Rede Planimétrica Brasileira neste novo sistema, tendo incluído todas as observações e estações adicionadas após 1996.

  • Categories  

    Este documento tem a finalidade de divulgar as resoluções emanadas por ocasião de duas reuniões do GT2 – Grupo de Trabalho Definição e Estratégias para Materialização do Sistema de Referência Geodésico – do Projeto Mudança do Referencial Geodésico.

  • Categories  

    A primeira edição da revista Ponto de Referência se propõe a estreitar o contato da sociedade brasileira com temas relacionados ao SIRGAS2000, novo sistema geodésico de referência adotado oficialmente no Brasil em 25 de fevereiro de 2005. A adoção do SIRGAS2000 é resultado das atividades desenvolvidas no âmbito do Projeto Mudança do Referencial Geodésico – PMRG (http://www.ibge.gov.br), criado em outubro de 2000 no 1º Seminário sobre Referencial Geocêntrico no Brasil, que conta com a participação de representantes de várias instituições do país. Desde o final de 2004 o desenvolvimento do PMRG tem o apoio da Universidade de New Brunswick – UNB do Canadá, a partir da assinatura de uma cooperação de quatro anos, sob os auspícios da Agência Canadense de Cooperação Internacional - CIDA e da Agência Brasileira de Cooperação - ABC, materializada pelo Projeto de Infra-Estrutura Geoespacial Nacional – PIGN (http://www.pign.org). Um dos principais focos do PIGN é a comunicação com os usuários e esta revista é fruto desses esforços.