From 1 - 10 / 13
  • Categories  

    O Mapa de Tipos de Solos, elaborado no escopo da publicação Macrocaracterização dos Recursos Naturais do Brasil, apresenta parte dos resultados obtidos ao longo do projeto Mapeamento dos Recursos Naturais, que mapeou e descreveu os recursos naturais brasileiros, na escala 1:250 000, relativos aos temas Geologia (rochas), Geomorfologia (relevo), Pedologia (solos) e Vegetação. Este mapa foi editorado a partir da generalização da interpretação original (escala 1:250.000) no intuito de eliminar ou agregar polígonos muito pequenos para a escala-alvo, tornando os mapas menos densos, visando facilitar ao usuário a discriminação dos elementos. Os dados originais fazem parte do acervo do Banco de Dados de Informações Ambientais (https://bdiaweb.ibge.gov.br/#/home) e foram elaborados a partir da interpretação visual de imagens de satélite – CBERS, LANDSAT 5, LANDSAT 7 e LANDSAT 8 – e do modelo digital de terreno do projeto da NASA Shuttle Radar Topography Mission – SRTM, além do levantamento bibliográfico e de trabalhos de campo que percorreram parte do território nacional com coleta de informações in loco. As informações vetoriais relacionadas às massas d´água continentais e ao limite do país foram compiladas do produto Base Cartográfica Contínua do Brasil, escala 1:250.000 – BC250. Os Tipos de Solos representam as classes de solos do Brasil, com base no Sistema Brasileiro de Classificação de Solos (Nível de Ordem). Estas classes são agrupadas de acordo com características morfológicas semelhantes que se repetem pelo país.

  • Categories  

    O Mapa de Províncias Estruturais foi realizado no escopo do projeto de Macrocaracterização, elaborado a partir dos dados do Banco de Informações Ambientais (BDiA) compatível com a escala 1:250.000. Os dados originais foram elaborados iniciando-se com a interpretação visual de imagens de satélite – CBERS, LANDSAT 5, LANDSAT 7 e LANDSAT 8, do modelo digital de terreno do projeto da NASA Shuttle Radar Topography Mission – SRTM. Esta atividade teve como apoio o levantamento bibliográfico e trabalhos de campo que percorreram parte do território nacional, onde foram realizadas coletas de informações in loco. As informações vetoriais relacionadas às massas d´água continentais e ao limite do país foram compiladas do produto Base Cartográfica Contínua do Brasil, escala 1:250.000 – BC250. As Províncias Estruturais representam as grandes áreas geológicas naturais, cuja evolução estratigráfica, magmática, tectônica e metamórfica difere das províncias vizinhas. Representam regiões naturais compostas por crátons e cinturões móveis desenvolvidos durante a Era Neoproterozoica, além das bacias sedimentares, estas desenvolvidas no Eon Fanerozoico. O mapa foi obtido com a finalização da cartografia das unidades litoestratigráficas, conhecimento de suas características e deformações, permitindo que fossem agrupadas de acordo com a mesma história geológica.

  • Categories  

    População exposta em área de risco em toda a Região Nordeste, com destaque para municípios com grande contingente populacional em risco.

  • Categories  

    O Mapa de Cobertura e Uso da Terra no Bioma Mata Atlântica - 2018 é parte integrante da publicação Contas de Extensão de Ecossistemas que compõe as Contas Econômicas Ambientais. Para elaboração deste mapa, utilizou-se dados provenientes do Monitoramento da Cobertura e Uso da Terra do Brasil (IBGE,2020) - mapeamento sistemático realizado em intervalos regulares que tem por objetivo espacializar e quantificar dados de cobertura e uso da terra no país. Para o recorte deste mapa, utilizou-se o limite do Bioma Mata Atlântica do Mapa de Biomas na escala de 1:250.000 (IBGE,2019).

  • Categories  

    Constituindo o terceiro volume da série Macrocaracterização dos Recursos Naturais do Brasil e sendo complemento ao primeiro volume que abordou as Províncias Estruturais do Brasil, o IBGE apresenta a subdivisão das províncias estruturais em subunidades, ou domínios tectônicos, denominados subprovíncias estruturais. A compartimentação em províncias e subprovíncias estruturais objetiva representar, espacialmente, os principais eventos geotectô­nicos já identificados no território nacional. Nesse sentido, as subprovíncias agrupam as unidades litoestratigráficas envolvidas nos mesmos processos de origem, ou deformação, e evolução geodinâmica. Como método básico, a equipe técnica procurou seguir e representar, em mapa, os mo­delos geotectônicos já disponíveis na literatura geológica nacional e internacional. Esses modelos foram ajustados ao mapeamento geológico contínuo do Brasil elaborado pelo IBGE na escala 1:250 000, e constantes do seu Banco de Dados e Informações Ambientais – BdiA. Assim, foi possível a delimitação e descrição de 97 subprovíncias estruturais com que se espera retratar, da melhor forma possível, os produtos da com­plexa evolução geotectônica do Continente Sul-Americano no Brasil.

  • Categories  

    Série 7 ao 12 - Informações interessantes e curiosas sobre o Brasil e os brasileiros. Tem também: brincadeiras, mapas, material para pesquisa e muito mais. Tudo feito pelo IBGE para quem tem de 7 a 12 anos. Mapa Político do estado de Minas Gerais

  • O Atlas Geográfico Escolar Digital apresenta, além de mapas do Brasil e do Mundo, ilustrações animadas sobre temas relacionados à Geografia e à Cartografia. Mapa físico do Brasil

  • Categories  

    O Mapa de Regiões Fitoecológicas (Tipos de Vegetação) e Outras Áreas, elaborado no escopo da publicação Macrocaracterização dos Recursos Naturais do Brasil, apresenta parte dos resultados obtidos ao longo do projeto Mapeamento dos Recursos Naturais, que mapeou e descreveu os recursos naturais brasileiros, na escala 1:250 000, relativos aos temas Geologia (rochas), Geomorfologia (relevo), Pedologia (solos) e Vegetação. Este mapa foi editorado a partir da generalização da interpretação original (escala 1:250.000) no intuito de eliminar ou agregar polígonos muito pequenos para a escala-alvo, tornando os mapas menos densos, visando facilitar ao usuário a discriminação dos elementos. Os dados originais fazem parte do acervo do Banco de Dados de Informações Ambientais (https://bdiaweb.ibge.gov.br/#/home) e foram elaborados a partir da interpretação visual de imagens de satélite – CBERS, LANDSAT 5, LANDSAT 7 e LANDSAT 8 – e do modelo digital de terreno do projeto da NASA Shuttle Radar Topography Mission – SRTM, além do levantamento bibliográfico e de trabalhos de campo que percorreram parte do território nacional com coleta de informações in loco. As informações vetoriais relacionadas às massas d´água continentais e ao limite do país foram compiladas do produto Base Cartográfica Contínua do Brasil, escala 1:250.000 – BC250. O mapa de vegetação mostra os limites pretéritos da cobertura vegetal original brasileira, classificadas em nove Regiões Fitoecológicas (Tipos de Vegetação) sendo que, cinco tipos são de formações florestais: Floresta Ombrófila Densa, Floresta Ombrófila Aberta, Floresta Ombrófila Mista, Floresta Estacional Semidecidual, Floresta Estacional Decidual, e quatro tipos de formações campestres: Campinarana, Savana (Cerrado), Savana-Estépica (Caatinga) e Estepe (Campos Sulinos). Além desses Tipos, também são classificados o que denominamos de Outras Áreas que são: Formações Pioneiras e as Áreas de Tensão Ecológica ou Contatos entre duas ou mais Regiões Fitoecológicas de formações diferentes.

  • O Atlas Geográfico Escolar Digital apresenta, além de mapas do Brasil e do Mundo, ilustrações animadas sobre temas relacionados à Geografia e à Cartografia. Mapa contendo informação dos tipos de vegetação e as regiões fitoecológicas do Brasil - 2011.

  • Categories  

    População exposta em área de risco em toda a Região Centro-Oeste, com destaque para municípios com grande contingente populacional em risco.