From 1 - 10 / 153
  • A classe Elemento Fisiográfico Natural faz parte da categoria Relevo da Base Cartográfica Contínua do Estado do Rio Grande do Sul, na escala 1:100.000 (BC100_RS), sendo um conjunto de dados geoespaciais de referência, estruturados em bases de dados digitais, permitindo uma visão integrada do território nessa escala. A BC100_RS foi estruturada em conformidade com a Especificação Técnica para a Estruturação de Dados Geoespaciais Vetoriais (ET-EDGV) versão 3.0, apresentando as classes de elementos geográficos representáveis nessa escala. As classes de elementos possuem atributos geométricos e semânticos compatíveis com o mapeamento sistemático básico terrestre.

  • A classe Vila faz parte da categoria Limites e Localidades da Base Cartográfica Contínua do Estado do Rio Grande do Sul, na escala 1:100.000 (BC100_RS), sendo um conjunto de dados geoespaciais de referência, estruturados em bases de dados digitais, permitindo uma visão integrada do território nessa escala. A BC100_RS foi estruturada em conformidade com a Especificação Técnica para a Estruturação de Dados Geoespaciais Vetoriais (ET-EDGV) versão 3.0, apresentando as classes de elementos geográficos representáveis nessa escala. As classes de elementos possuem atributos geométricos e semânticos compatíveis com o mapeamento sistemático básico terrestre.

  • A classe Edificação de saneamento faz parte da categoria Edificações da Base Cartográfica Contínua do Estado do Rio Grande do Sul, na escala 1:100.000 (BC100_RS), sendo um conjunto de dados geoespaciais de referência, estruturados em bases de dados digitais, permitindo uma visão integrada do território nessa escala. A BC100_RS foi estruturada em conformidade com a Especificação Técnica para a Estruturação de Dados Geoespaciais Vetoriais (ET-EDGV) versão 3.0, apresentando as classes de elementos geográficos representáveis nessa escala. As classes de elementos possuem atributos geométricos e semânticos compatíveis com o mapeamento sistemático básico terrestre.

  • A classe Edificação metro-ferroviária faz parte da categoria Edificações da Base Cartográfica Contínua do Estado do Rio Grande do Sul, na escala 1:100.000 (BC100_RS), sendo um conjunto de dados geoespaciais de referência, estruturados em bases de dados digitais, permitindo uma visão integrada do território nessa escala. A BC100_RS foi estruturada em conformidade com a Especificação Técnica para a Estruturação de Dados Geoespaciais Vetoriais (ET-EDGV) versão 3.0, apresentando as classes de elementos geográficos representáveis nessa escala. As classes de elementos possuem atributos geométricos e semânticos compatíveis com o mapeamento sistemático básico terrestre.

  • A classe Edificação pública militar faz parte da categoria Edificações da Base Cartográfica Contínua do Estado do Rio Grande do Sul, na escala 1:100.000 (BC100_RS), sendo um conjunto de dados geoespaciais de referência, estruturados em bases de dados digitais, permitindo uma visão integrada do território nessa escala. A BC100_RS foi estruturada em conformidade com a Especificação Técnica para a Estruturação de Dados Geoespaciais Vetoriais (ET-EDGV) versão 3.0, apresentando as classes de elementos geográficos representáveis nessa escala. As classes de elementos possuem atributos geométricos e semânticos compatíveis com o mapeamento sistemático básico terrestre.

  • A classe Edificação de abastecimento de água faz parte da categoria Edificações da Base Cartográfica Contínua do Estado do Rio Grande do Sul, na escala 1:100.000 (BC100_RS), sendo um conjunto de dados geoespaciais de referência, estruturados em bases de dados digitais, permitindo uma visão integrada do território nessa escala. A BC100_RS foi estruturada em conformidade com a Especificação Técnica para a Estruturação de Dados Geoespaciais Vetoriais (ET-EDGV) versão 3.0, apresentando as classes de elementos geográficos representáveis nessa escala. As classes de elementos possuem atributos geométricos e semânticos compatíveis com o mapeamento sistemático básico terrestre.

  • A classe Via Deslocamento faz parte da categoria Sistema de Transporte / Subsistema Rodoviário da Base Cartográfica Contínua do Estado do Rio Grande do Sul, na escala 1:100.000 (BC100_RS), sendo um conjunto de dados geoespaciais de referência, estruturados em bases de dados digitais, permitindo uma visão integrada do território nessa escala. A BC100_RS foi estruturada em conformidade com a Especificação Técnica para a Estruturação de Dados Geoespaciais Vetoriais (ET-EDGV) versão 3.0, apresentando as classes de elementos geográficos representáveis nessa escala. As classes de elementos possuem atributos geométricos e semânticos compatíveis com o mapeamento sistemático básico terrestre.

  • A classe Complexo Portuário faz parte da categoria Sistema de Transporte / Subsistema Hidroviário da Base Cartográfica Contínua do Brasil na escala 1:250 000 (BC250) sendo um conjunto de dados geoespaciais de referência, estruturados em bases de dados digitais, permitindo uma visão integrada do território nacional nesta escala. Foi gerada a partir da integração das folhas do mapeamento sistemático brasileiro, na escala de 1:250 000, conforme a Especificação Técnica para a Estruturação de Dados Geoespaciais Vetoriais, versão 3.0 (ET-EDGV 3.0). A classe possui atributos geométricos e semânticos associados a banco de dados, permitindo consultas espaciais e semânticas. A classe está inserida na Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais do Brasil (INDE).

  • A classe Passagem Elevada Viaduto faz parte da categoria Sistema de Transporte da Base Cartográfica Contínua do Brasil na escala 1:250 000 (BC250) sendo um conjunto de dados geoespaciais de referência, estruturados em bases de dados digitais, permitindo uma visão integrada do território nacional nesta escala. Foi gerada a partir da integração das folhas do mapeamento sistemático brasileiro, na escala de 1:250 000, conforme a Especificação Técnica para a Estruturação de Dados Geoespaciais Vetoriais, versão 3.0 (ET-EDGV 3.0). A classe possui atributos geométricos e semânticos associados a banco de dados, permitindo consultas espaciais e semânticas. A classe está inserida na Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais do Brasil (INDE).

  • A classe Extrativismo mineral faz parte da categoria Estrutura Econômica da Base Cartográfica Contínua do Estado do Rio Grande do Sul, na escala 1:100.000 (BC100_RS), sendo um conjunto de dados geoespaciais de referência, estruturados em bases de dados digitais, permitindo uma visão integrada do território nessa escala. A BC100_RS foi estruturada em conformidade com a Especificação Técnica para a Estruturação de Dados Geoespaciais Vetoriais (ET-EDGV) versão 3.0, apresentando as classes de elementos geográficos representáveis nessa escala. As classes de elementos possuem atributos geométricos e semânticos compatíveis com o mapeamento sistemático básico terrestre.